terça-feira, 10 de março de 2009

A compra do cartão para a minha Deusa

Na realidade, este fato aconteceu no dia anterior ao da postagem da carta. Lembrando que a data do ocorrido não é a data da postagem. Perdoem-me pelo lapso.

Ás pressas, saí para comprar um cartão de aniversário para a minha deusa. Só tinha um horário disponível, na parte da tarde, sob o sol inclemente de verão.

Minha primeira parada, em uma papelaria muito mixuruca uns dois quarteirões abaixo da minha residência. Só tinha cartões pequenos, quadrados e muitos com relevo. Nenhum me chamou a atenção.

Mais duas papelarias visitadas, sempre descendo a rua, e nada. Acabei tendo que andar 25 minutos para achar um cartão decente. O que seria um cartão decente? eis o X da questão. Eu queria um cartão de, que não fosse com mensagens explícitas de namoro, mas também não podia ser cartão com mensagens que reforçassem amizade. Queria uma coisa dúbia, que não fosse de amor escancarado, que deixasse algo no ar.

A muito custo, achei um. Na hora em que esperava o troco, tentando retirar o plástico que o envolvia, rasguei o cartão, bem na dobra. Que vexame....

Não quis passar vexame na frente do vendedor. Como ele não notou o rasgo, peguei meu troco e saí. Caminhando de volta para casa, pensava: "Ah, é só um rasgadinho na dobra. ela nem vai perceber". Dali a 5 minutos, uma luz: não tinha cabimento dar um cartão de aniversário, junto com uma declaração de amor, e este cartão vir com um rasgo. Parei e, no meio da rua, dei uma olhada no cartão. Nossa senhora, o rasgo que eu julgava inexpressivo ia até a metade da dobra. Definitivamente aquele cartão estava vetado.

Dei meia volta e fui à procura de outro cartão. Obviamente passei direto pela papelaria em que estivera anteriormente. Andei mais uns 5 minutos e consegui achar um cartão com dizeres até mais atraentes do que o anterior.

Aí foi só encarar mais 30 minutos de caminhada sob um sol escaldante, mas feliz da vida por ter feito a coisa certa.

EY, eu te amo!

2 comentários:

apanhadogeral disse...

hehe. q aventura por um cartão heim. mas tem coisa que vale a pena. Muito interessante a idéia do blog. Nunca tinha fisto um assim. Gostei de verdade. Abraço

apanhadogeral disse...

hehe. q aventura por um cartão heim. mas tem coisa que vale a pena. Muito interessante a idéia do blog. Nunca tinha fisto um assim. Gostei de verdade. Abraço