quinta-feira, 26 de março de 2009

Será que era ela?

Lá se vão quase 40 dias sem ver a EY.

Desanimado com a falta de resposta, espinafrava o destino que não me coloca no caminho dela nem uma vez sequer.

Poi bem, hoje saí da faculdade às 20:50. Só tinha o primeiro horário. Já me preparava para seguir a pé para casa quando encontrei um amigo de infância, que também estuda no mesmo local. Como ele estava de carro, chegaria em casa em tempo recorde. Afinal, se a pé já são 25 minutos, imagina de carro?

Mas eis que esse amigo, no meio do caminho vira e me sugere: Acho que o pessoal tá jogando society lá no campo, vamos dar uma olhada? e lá fomos nós para o campo de pelada, que fica no meio do caminho. Lá encontramos alguns amigos e ficamos conversando.

Ou seja, o que seria recorde de chegar cedo em casa se transformou no recorde de chegar tarde. Ás 22h, enfim, decidi vir embora. Meu colega motorizado já tinha saído antes (ele não me deixou a pé... risos. Eu que recusei a carona para continuar conversando).

Lá venho eu, andando calmamente pela rua, quando, ao me aproximar do prédio da EY, a uns 500m, vi uma pessoa MUITO PARECIDA com ela atravessando a rua. Desta vez não me deixei levar pela leseira, imediatamente olhei a hora: 22:18. No desespero, comecei a correr pela rua a fim de verificar se a cidadã era mesmo a minha Deusa, EY.

Para completar, a pessoa em questão entrou no prédio da EY!!!!! Aí que me coração disparou. Corri mais ainda, na esperança de que, se fosse ela, ao me ver do outro lado da rua ,ela ao menos acenasse.

Claro, quando cheguei próximo ao prédio dela parei de correr. Nos tempos atuais, não é nada seguro correr feito um condenado às 22:30 da noite. Bem na hora em que olhei para o hall dos elevadores, a porta do elevador se fechava.

Será que vou levar essa dúvida para o túmulo?

A garota, sem dúvida, era parecida, mas pela distância e escuridão não dava para dar 100% de certeza se era ela ou não. O fato de ter entrado no prédio dela reforça bastante a suspeita, mas ela não é a única moradora naquela faixa etária.

Enfim, ao mesmo tempo em que agradeço ao destino por ter me propiciado esse leve gostinho de talvez, quem sabe, ter visto a mulher da minha vida, resmungo por não ter me feito sair 2 minutos antes. Se isto tivesse ocorrido, eu daria de cara com a pessoa e não estaria em dúvida agora.

Novas chances surgirão! Estou esperançoso!!!!

EY, eu te amo!!!!!

25 comentários:

Rafael Ferreira disse...

Uma dica pelo menos você já tem: o horário que ela chega em casa nesses dias da semana.
Qualquer coisa você pode marcar um 'encontro forçado' ao passar por lá mais ou menos nesse horário. Um dia você acaba esbarrando nela. E só pra constar, não vim aqui por causa do seu post no Orkut pra comentar no blog acima. Vim porque estou curioso também pra saber o final dessa historia. Boa sorte!

BIANE LIMA disse...

Da próxima vez chame o nome dela!
Se não quiser que ela te veja, chama e se esconde... Só pra ter certeza!
E concordo com o Rafael... pelo menos você jah sabe a hora q ela chega...
A pelada pode ser um bom pretexto para passar por lah novamente no mesmo horário!
Continuo na torcida!
bjO!

Valci Pessoa disse...

rsrs, isso que é amor de verdade!!

Alan Salgueiro disse...

Ora, e um amante inveterado não sentiria a presença de sua amanda a léguas de distância? rsrsrs... Brincando...

Bom, quem sabe uma prima, ou mesmo uma irmã, se for gêmea melhor ainda!

rockeiro107 disse...

o amor realmente tem dessas coisas... cada um de nós tem uma E.Y. em nossas vidas; falo por experiência própria!! espero que você jamais se deixe levar pela ilusão que "se for pra ser, será!" e lute até o fim!! todos nós torcemos por você!!! MUITO BOA SORTE!

Manúh =* disse...

nunk tinha vindo aki antes, mais essa sua historia é realemte linda, essa E.Y deve tre sorte *-*
kem sabe era ela né?
boa sorte nessa sua empreitada pelo amor \o/

exoticlic disse...

ja tentou conquistar ela ? surpreende-la?

Jack Balls disse...

Opa.. Voltarei aqui amigo pra saber o final dessa bela história.
Eu faria conforme o Rafael Ferreira disse, um encontro forçado.
Mas continue assim, indo aos poucos, pois cada um possui a sua tática.
Torço por você!
AH! E sobre as atualizações colocarei o tal apps que disse.
Um abraço!

http://confradescanalhas.blogspot.com/

JuANiTo disse...

É so cronometrar o tempo da proxima vez!

Claro se não tiver sido o acaso!

E ainda, se for ela mesmo!

Abraço.


http://sentimentomediano.blogspot.com

Vida, desabafos e comentários disse...

Eu ia dar a mesma dica q o Rafael!
rs

Mas como vc disse, novas chances surgirão!
;)

Beijos!

Fabricio bezerra da guia disse...

é quando se está apaixonado,toda menina que vc ve em qualquer lugar vc acha que é ela,pelo menos por uma fração de segundo.
eu sei disso porque meu amigo me falou

Elô disse...

Nossa, será que era ela?!

A esperença é a última que morre ...
-jáatéfalei-

:*

Vivica Bolacha disse...

Fiquei nervosa só de ler! Eu tbm ando nessa expectativa de encontrar um mocinho qdo vou e volto da aula. Mas por enquanto é coisa boba, pq nem aconteceu nada!

Beijos

P.S.: respondendo a pergunta que me fizeste, minha primeira graduação doi comunicação tbm (publicidade) e agora faço letras. Tô mt feliz!

O amor e etc. disse...

Ai, que lindo! E.. nada de ela responder, né? Ai, que ruim! Queria tanto que ela te respondesse logo! Hunf, essa dúvida me mataria de curiosidade. arg, argh!

Antonoly disse...

Pô cara, só posso
lhe desejar boa sorte.

Wagner Lopes disse...

espero que de tudo certo :P

Morango com leite condensado disse...

Será que era ela??? Essa curiosidade nos mata né? fica martelando nossos pensamentos...

Só te digo que: se ela é mesmo a mulher de tua vida, o destino vai tratar de unir vcs. Dê tempo ao tempo e faça sua parte. O amor quando é de verdade destrói qualquer barreira.

Bjos

Habib Sarquis disse...

Gente...uahsaushsuha super engraçado essa história cara. Parece aqueles filmes de perseguição amorosa rsrs. Belo texto cara. E tomara que vc encontre a Ey. Poxa tu me deixou curioso !!

Blog: Leitura Dinâmica - www.habibsarquis.wordpress.com

Jéssica Modinne disse...

Eu acho tão lindo e corajoso alguém fazer o que você faz: confessar o que sente não é pra qualquer pessoa, admiro muito isso, parabéns!
Cara, você devia ter gritado ou qualquer coisa assim p/ não ficar nessa dúvida se era a pessoa ou não. Agora que aconteceu isso, é só tentar chegar mais cedo p/ descobrir se é a "E.Y.".
A partir de agora, torço p/ que o seu romance tenha um final muito feliz!

Ágda Santos disse...

ahhhhhhhhh
depois de tanto ver você por tanto lugares pude entender o nome.
Porque não gritou? .-.
Queria que alguem fizesse isso, ou pelo menos desse uma lida nas coisas que escrevo e dedido ><
Bom, boa sorte.

JaCoNa disse...

Na próxima, grite o nome dela... vc jah não tem nada a perder! Estah na hora de arriscar d everdade, meter a cara.... qm sabe?? ;)

Bjaum

Inez disse...

Aesar de nem sempre deixar comentário sempre passo aqui para ler.
Espero que um dia você a encontre e possa falar com ela.
Abraços e obrigada pelas suas visitas no meu blog.

Guido Arosa disse...

gente, o cara realmente ama essa mulher. e consegue 23 comentários para um único post. eu acho que não consigo acumular isso nem com um ano e alguns meses de existência do meu blog. rs

MBN.music disse...

ae como é dificil e complicado passar por isso =/
É tão bonito e ao mesmo tempo tao doloroso..

Espero que de certo pra vc um dia.

Eu passei por quase a mesma coisa, doeu tanto, tanto, que eu acabei desistindo de insistir nisso;
Hj nem tem mais sombra disso..
E eu tbm nao consigo sentir o mesmo por ngm.

O que for melhor pra vc.
Eu to torcendo pra ser diferente contigo.

*_____*

Fábio Flora disse...

É muito difícil gostar de alguém e não ser correspondido. Tome cuidado. Afinal, se me lembro bem, você disse que ela tem namorado... Abraços e sucesso com a EY!